Itajaí: Servidores iniciaram greve geral nesta segunda-feira, 28

postado em: NOTÍCIAS | 0

Os servidores públicos municipais de Itajaí entraram em greve nesta segunda-feira, dia 28, por conta da retirada da reposição salarial dos servidores concedida em agosto de 2021, no percentual de 9,32%. A medida ocorreu por meio de decreto assinado pelo prefeito Volnei Morastoni neste mês de março, alegando que cumpria uma decisão do STF. 

Para a categoria e o sindicato, a retirada dos 9,32% foi uma decisão meramente política do prefeito, tendo em vista que a decisão liminar do STF suspendeu a decisão expedida na comarca de Itajaí, que tratava exclusivamente das vedações da Lei Federal 173, a qual perdeu sua validade a partir de janeiro de 2022.

Na proposta apresentada pelo governo, a reposição da revisão geral anual de 2021 está condicionada apenas à decisão final do STF, o que novamente diverge do entendimento dos servidores e do sindicato, tendo em vista que o município não tem impedimento nenhum, neste momento, para repor os 9,32% retirados através do decreto do prefeito.

O presidente do sindicato, Francisco Johannsen, informou que os servidores da Educação também podem participar mesmo com a suspensão da greve do Magistério, até porque se trata de um novo movimento grevista. “Além de todo o desgaste que estamos tendo, o governo ainda ameaça os servidores com descontos, processos administrativos, demissões de ACTs, tudo com o intuito de não negociar os dias da greve da educação. Como se não bastasse o descumprimento do piso do magistério e de não querer negociar a reposição”, lamentou o dirigente.

A Federação dos Trabalhadores Municipais de Santa Catarina (Fetram-SC) está representada na greve dos servidores da Educação de Itajaí pela secretária de Comunicação da entidade, Juçara Rosa, que reforça a necessidade de mobilização dos trabalhadores(as). “Somente a luta garante nossos direitos. Por isso, a categoria precisa participar e se manter alerta neste momento, fazendo pressão contra o Executivo e mostrando a força da classe trabalhadora”, destaca.

Assista ao vídeo da dirigente, que esteve em Itajaí nesta segunda, em apoio à greve dos servidores:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

11 − 7 =