Fetram-SC/Confetam lutam junto com APP-Sindicato contra a venda de escolas públicas

postado em: NOTÍCIAS | 0

A presidenta da Fetram-SC, Sueli Adriano, está participando, em Curitiba, do ato da greve da educação do estado do Paraná, realizado pelo Sindicato dos(as) professores(as) e funcionários(as) de escola do Paraná (APP-Sindicato).

Representando também a Confetam, Sueli explica que a greve busca impedir que o governador Ratinho Júnior privatize as escolas públicas. Ela reforça que “o projeto que está na Assembleia Legislativa é um projeto que pretende já privatizar e terceirizar 200 escolas no Estado. Então, vamos à luta!”

O movimento foi deflagrado pela categoria em razão do envio do Projeto de Lei 345/2024, que institui o programa, para votação em regime de urgência na Assembleia Legislativa, e a ausência de resposta do governo e da Secretaria de Educação (Seed) a todos os pedidos de diálogo feitos pelo sindicato.

Durante a manhã, caravanas de todas as regiões do estado, capital e região metropolitana lotaram a Praça Santos Andrade, no centro de Curitiba. Além dos educadores(as), o ato contou com a presença de estudantes, movimentos sociais, além de lideranças políticas que, por volta das 10h, saíram em marcha rumo  ao Centro Cívico. 

O contingente estimado em cerca de 20 mil pessoas lotou mais de cinco quadras da Avenida Marechal Deodoro. Durante o trajeto, gritaram palavras de ordem em defesa da educação pública, criticaram o projeto do governador Ratinho Jr. e pediram a suspensão da votação da matéria.

Com informações de APP-Sindicato

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

19 − 14 =