Mauro de Nadal assumiu a missão de dar celeridade à vontade dos mais de 85 mil catarinenses que assinaram o Projeto

postado em: NOTÍCIAS | 0

Com a chegada do Projeto de Lei de Iniciativa Popular (PLIP) que propõe a revogação dos 14% na Alesc, a sociedade catarinense espera que o presidente Mauro de Nadal (MDB) cumpra o compromisso de agilizar a tramitação da matéria assumido no último dia 8 de março.

Na ocasião em que prometeu dar celeridade ao PLIP, Mauro recebia mais um leva de listas que totalizaram cerca de 85 mil assinaturas de catarinenses que apoiam a revogação dos 14% até o teto do INSS.

Já o projeto que o governador Jorginho Mello (PL) enviou ao legislativo, além de não corrigir o confisco implementado pelo antecessor dele, segue parado na Secretaria da Mesa Diretora da Alesc.

De acordo com fontes da própria Assembleia, o Governo do Estado está encontrando dificuldades na designação dos relatores do projeto nas comissões, pois a maioria do parlamento parece entender que a proposta de Jorginho é insuficiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

um + 20 =