REVOGAÇÃO DOS 14% JÁ TEM APOIO DE MAIS 30% DA ALESC

postado em: NOTÍCIAS | 0

Até aqui, Luciane Carminatti (PT), Marquito (PSOL), Neodi Saretta (PT) e Padre Pedro (PT) estiveram presentes no ato de entrega de assinaturas do Projeto de Lei de Iniciativa Popular (PLIP) organizado pelo Fórum Catarinense de Defesa do Serviço Público no último dia 8 de março na Assembleia Legislativa de Santa Catarina e declararam publicamente que apoiam a retomada da cobrança dos 14% apenas sobre a parcela dos benefícios de aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência do Estado de Santa Catarina que ultrapassa o teto do INSS.

Já os deputados Ivan Naatz (PL), Lucas Neves (PODEMOS), Marcius Machado (PL), Marcos da Rosa (UNIÃO BRASIL), Marcos da Rosa (PSD), Rodrigo Minotto (PDT), Sergio Guimarães (UNIÃO BRASIL) e Sergio Motta (REPUBLICANOS) se manifestaram sobre o assunto ao assinarem o Projeto de Lei Complementar de autoria do deputado Fabiano da Luz (PT), somando assim 13 votos favoráveis à revogação.

Como o legislativo catarinense conta com um total de 40 deputados, a revogação dos 14% já possui o apoio de 32,5% do parlamento, “um número bastante expressivo que é fruto da mobilização social puxada pelo Fórum Catarinense por meio das mais de 70 mil assinaturas coletadas para dar entrada com o PLIP na Alesc, mas também mérito do deputado Fabiano da Luz que tem se esforçado na articulação por dentro do legislativo” – afirma Neto Puerta, Vice-presidente do Sinjusc e representante do Fórum Catarinense.

O deputado Vicente Caropreso recebeu representantes do Fórum no dia 24 de março e se surpreendeu negativamente com o fato do desconto penalizar principalmente aposentados e pensionistas que ganham menos, porém, o parlamentar ainda não declarou apoio à revogação do desconto. Há ainda o compromisso do presidente da Alesc, deputado Mauro de Nadal, que no momento do recebimento das assinaturas do PLIP disse que daria celeridade ao andamento dos debates sobre a revogação na casa.

Com o objetivo de ampliar ainda mais a mobilização pela revogação dentro do parlamento estadual, o Fórum Catarinense convida todas e todos para o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Serviço Público no próximo dia 11 de abril, às 17h30, no Plenarinho da Alesc. Haverá um coquetel para recepcionar sindicalistas, convidados e parlamentares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

17 − 7 =