Comunidade de Chapecó repudia fala do prefeito João Rodrigues sobre professores da educação infantil

postado em: NOTÍCIAS | 0

Uma fala feita pelo prefeito de Chapecó, João Rodrigues, vem causando indignação à comunidade escolar do município do oeste catarinense. Durante entrevista a uma rádio da cidade, Rodrigues desqualificou o trabalho dos professores da Educação Infantil ao dizer que “em uma creche você não precisa ter um professor pós-graduado. Nem tem que ter. O pós-graduado precisa estar em sala de aula. Na creche tem que ter um cuidador. Pra uma criança de dois anos não precisa nem de professor com magistério”.

Diante do lamentável episódio, os professores e professoras da rede municipal reuniram-se em Assembleia, na última segunda-feira (13), e definiram ações de luta da categoria, com a organização do Sindicato dos Municipários de Chapecó e Região (SITESPM – CHR), que representa os trabalhadores(as).

Na avaliação da Assembleia, a fala do Prefeito colocou em dúvida as intenções do seu governo, gerando uma grande desconfiança e insegurança aos profissionais do magistério e a toda a comunidade chapecoense em relação à presença e à valorização dos professores(as) habilitados, bem como sobre a educação infantil de 0 a 3 anos.

Foram definidas as seguintes ações em defesa da presença e valorização dos professores(as) e da Educação Infantil de 0 a 3 anos do município de Chapecó:

1 – Ampliar a sindicalização e fortalecer o Sindicato, como legítimo representante e defensor da categoria;

2- Realização de abaixo-assinado;

3- Realização de um Seminário com Professores, pais e lideranças comunitárias;

4- Cobrança de uma manifestação pública do Prefeito e Vereadores garantindo que nenhuma iniciativa legislativa será encaminhada contra a presença e a valorização do Professor(a) habilitado e da Educação Infantil de 0 a 3 anos.

Com informações: SITESPM – CHR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

9 − 3 =