Trabalhadores se reúnem na Ponte Hercílio Luz para protestar contra a Reforma Administrativa

postado em: CONTRA A PEC 32, NOTÍCIAS | 0

Representantes da Fetram-SC, juntamente com lideranças sindicais cutistas e também de outras centrais, estiveram presentes no ato realizado na manhã desta quinta-feira (16), na cabeceira da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, contra a Reforma Administrativa. A manifestação faz parte de uma série de atividades que estão sendo realizadas para demonstrar o quanto a PEC 32 é prejudicial não somente para os servidores públicos, mas para toda a sociedade.

Sueli Adriano, diretora financeira da Federação, reforça que é necessário ampliar o debate com a população para alertar sobre os efeitos nocivos da PEC 32. “A proposta representa o desmonte dos serviços públicos como conhecemos. Representa precarizar para depois privatizar áreas como saúde, assistência social, educação e tantas outras. Imaginem o SUS privatizado, por exemplo! Serão recursos públicos transferidos para empresas privadas, além de que o cidadão que precisar de atendimento terá de pagar por isso”, diz ela.

A intenção dos manifestantes era fixar faixas com frases denunciando a PEC 32 ao longo da estrutura da Hercílio Luz. Porém, de forma arbitrária e antidemocrática, a Polícia Militar barrou os manifestantes e os impediu de atravessarem a ponte. A livre manifestação é um direito de todos, e os servidores públicos continuarão na luta para denunciar o governo de Bolsonaro e derrotar a Reforma Administrativa.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

vinte − dezesseis =