Nota de Repúdio aos ataques de grupos bolsonaristas e de milícias virtuais à companheira Elenira Vilela

postado em: NOTÍCIAS | 0

O SINASEFE vem a público repudiar os ataques de grupos bolsonaristas e de milícias virtuais à companheira Elenira Vilela, membra da Coordenação Geral do sindicato e professora do IFSC.

A partir de uma edição descontextualizada e tendenciosa de um fragmento de vídeo do programa “Outubro”, transmitido no canal Opera Mundi (YouTube) no dia 22 de dezembro de 2023, a análise política realizada por nossa companheira foi distorcida, com o intuito de desencadear múltiplas e sistemáticas mensagens de ódio e um linchamento virtual contra Elenira.

Nas matérias publicadas pela imprensa, o SINASEFE é nominalmente citado, por conta de Elenira Vilela ser uma Coordenadora Geral da entidade. Naquele momento, Elenira não estava representando o sindicato, mas cabe frisar que muitas das suas colocações durante a live coadunam com diversas resoluções aprovadas nos fóruns do SINASEFE por seus sindicalizados.

O SINASEFE tem inúmeras resoluções de denúncia do caráter nefasto cumprido pelo governo de Jair Bolsonaro e, também, de denúncia do perigo que o retorno ao Poder de um projeto autoritário e excludente, como foi o período de 2019 a 2022, representaria para a educação e para o povo brasileiro.

Sabemos que a produção de fake news, as perseguições e o escracho violento são métodos típicos da extrema-direita, que pretendem criminalizar e silenciar todos os que se levantam em defesa da democracia e dos direitos da classe trabalhadora, principalmente quando se trata de uma mulher que ocupa espaços políticos, como é o caso de Elenira Vilela.

A experiência histórica nos mostra que o livre e legítimo debate de ideias, o qual bem defendemos, não cabe na racionalidade fascista. O fascismo e a extrema-direita têm como programa político a destruição das liberdades democráticas, da diversidade, a intimidação e a eliminação dos seus adversários. Não combatê-los, firme e coletivamente, é um erro que deixa livre o caminho para a política do ódio.

Por isso, a Direção Nacional do SINASEFE comunica que acionará todas as medidas jurídicas cabíveis para investigar e punir os responsáveis por essa ação e pelos seus desdobramentos.

Nenhuma tolerância aos intolerantes, nenhuma liberdade aos inimigos da liberdade!

Brasília-DF, 12 de janeiro de 2024
Direção Nacional do SINASEFE

Comunicado de Elenira Vilela

Na manhã 12 de janeiro, ao tomar conhecimento das publicações descontextualizadas que promoviam seu linchamento virtual, Elenira Vilela lançou um Comunicado, no qual esclaresceu a situação.

Confira o texto do Comunicado em sua integralidade aqui.

 

Por: SINASEFE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × cinco =