Palhoça: na luta por direitos e valorização, servidores(as) realizaram grande ato nesta terça-feira, 8

postado em: NOTÍCIAS | 0

Trabalhadores e trabalhadoras do serviço público municipal de Palhoça realizaram um grande ato nesta terça-feira, dia 8, para protestar contra o descaso do prefeito Eduardo Freccia em relação às demandas e reivindicações dos servidores(as). Também foi alvo de protesto o projeto de lei 074/2023 que tramita na Câmara de Vereadores para alterar o Plano de Carreira do magistério.

A  mobilização para o ato de ontem começou na sede do Sitrampa, de onde os trabalhadores(as) saíram em caminhada em direção à prefeitura. Um ofício foi entregue ao prefeito solicitando a abertura urgente de mesa de negociação.

Além da manifestação realizada ontem, professores e professoras da Educação Infantil estão em “Operação Tartaruga” desde o dia 3 de agosto, que já conta com  a adesão de quase 100% da categoria. O objetivo é chamar a atenção do prefeito para que cumpra com suas obrigações e respeite os trabalhadores, trabalhadoras e a comunidade que utiliza o serviço público municipal.

Nesta quarta-feira pela manhã, dia 9, o sindicato realizou uma reunião de planejamento para mobilizar os professores(as) do ensino fundamental, para que também façam adesão à “Operação Tartaruga”.

Após o ato em frente à prefeitura, os trabalhadores seguiram em caminhada até a Câmara de Vereadores. Lá, houve um princípio de tumulto e o Sitrampa reforça que não tem qualquer envolvimento com o fato ocorrido. Tampouco os profissionais do serviço público que participavam da atividade. O sindicato defende que a luta por direitos deve ocorrer de forma pacífica e ordeira, com mobilização dos trabalhadores e jamais com a prática de qualquer tipo de violência. 

O Procurador Geral do Município, Luciano Dalla Pozza, usou a tribuna da Câmara para falar sobre o PL 074/2023, apesar da proposta não estar na pauta. Ele esclareceu aspectos sobre a exclusão do DOC 1 do Plano de Carreira do Magistério. Não houve avanço quanto a desfragmentação do PLC 0074/2023, em relação a retirada da redução de carga horária para os auxiliares de sala. A fala do procurador evidenciou ainda mais os danos na carreira do magistério.

Por: Assessoria de Comunicação do Sitrampa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

9 + 12 =