Fetram-SC repudia fala ofensiva de filho de ex-presidente direcionada aos professores

postado em: NOTÍCIAS | 0

A Fetram-SC vem a público manifestar seu repúdio à fala do filho do ex-presidente da República, que comparou “professores doutrinadores” a traficantes de drogas ao participar de um ato pró-armas em Brasília, neste domingo, 9. 

Os participantes do ato defenderam a flexibilização do porte e da posse de armas para cidadãos comuns. Na ocasião, o filho do ex-presidente discursou em cima de um carro de som dizendo que “não tem diferença de um professor doutrinador para um traficante de drogas que tenta sequestrar e levar os nosso filhos para o mundo do crime. Talvez até o professor doutrinador seja ainda pior.”

Após a repercussão do ocorrido, o ministro da Justiça, Flávio Dino, determinou que a Polícia Federal (PF) investigue discursos feitos durante o ato. 

A Fetram-SC reafirma sua posição de defesa constante dos professores por estar comprometida com a reconstrução das políticas públicas tão desgastadas nos últimos anos. “É inadmissível que os professores sigam sendo atacados por falas agressivas e desrespeitosas como essa. Esperamos que a investigação ocorra o mais rápido possível e que algo seja feito como forma de punir toda e qualquer pessoa que incite atos criminosos”, ressaltou a presidente da Fetram-SC, Sueli Adriano. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

catorze − onze =